Conheça o melhor do Rio de Janeiro de graça

Postado em Turismo | 04 de Novembro/2015

O turismo no Rio de Janeiro está custando caro, os hotéis e atrações turísticas como Corcovado e o Bondinho do Pão de Açúcar estão com valores cada vez mais altos e a tendência desses preços é continuar subindo. Segundo um estudo de demanda turística, o Rio é o destino turístico preferido por quem busca lazer e está em segundo lugar no destino de visitantes que chegam ao estado à negócios, perdendo apenas para São Paulo.

Sol, praia e natureza são as principais motivações por quem viaja a lazer, e é exatamente isso que o Rio tem de melhor para oferecer, mas nem tudo precisa ser pago ou muito caro. Listamos abaixo as principais atividades turísticas que a cidade maravilhosa pode proporcionar e que podem ser experimentadas por pouco ou de graça. A lista inclui praias, passeios, cachoeiras, feiras e museus.

Parque Lage

Um dos melhores lugares do Rio para fazer um passeio ao ar livre, ver exposições, tirar fotografias e talvez um piquenique. O Parque Henrique Lage é cercado por natureza, lagos, jardins, cavernas, grutas, trilhas e construções antigas do antigo engenho de açúcar na época do Brasil Colonial.

Ao passear pelo parque, logo no início há um casarão onde funciona a Escola de Artes Visuais, lá você também pode aproveitar para tomar um bom café da manhã no estilo colonial, nesse caso vá cedo (abre às 8h) pois o Café du Lage (como é chamado) é bem concorrido. Se estiver com tempo, ao sair do Parque Lage vá direto para o Jardim Botânico (é praticamente ao lado) e aproveite um dia de contato com a natureza.

Praias

É quase impossível vir ao Rio e não conhecer algumas das praias mais famosas do mundo como Copacabana e Ipanema, que inspirou e inspira artistas e poetas.

Um roteiro bacana para quem está na Zona Sul, é passar o dia na Praia de Copacabana e terminar o dia vendo o pôr do sol na Pedra do Arpoador que fica já no começo da praia de Ipanema. No dia seguinte fique na praia de Ipanema e Leblon, no final da tarde veja o pôr do sol no Mirante do Leblon (no final da praia do Leblon).

   

A partir do bairro Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste, estão algumas praias mais reservadas e conhecidas pelos surfistas como a Praia da Reserva, Recreio, Prainha, Macumba e Grumari. No lado esquerdo da Praia de Grumari, num trecho de 300 metros fica a praia naturista do Abricó.

Urca

Tem muitas coisas para fazer na Urca além do bondinho que leva ao Morro da Urca e ao Pão de Açucar. O local também é muito conhecido por quem gosta de fazer trilhas e escalar, no meio da Pista Claudio Coutinho há uma trilha bem sinalizada, leve e pode ser feita sem guias, no final da pista há outra trilha que leva a diversas vias de escaladas.

Dá pra tirar o dia só pra ficar relaxando na Urca, segue uma dica de roteiro no lugar: Vá no começo da tarde e faça um passeio até o final da Pista Claudio Coutinho, na volta faça a trilha que fica no meio da pista, ela leva até o Morro da Urca, a primeira parada do Bondinho. Curta um final de tarde na Praia Vermelha e depois vá para a Mureta da Urca, um lugar descontraído e com uma vista maravilhosa, às margens da Baía de Guanabara e com vista para o Cristo Redentor. Enquanto estiver na Mureta da Urca, aproveite uma cerveja gelada do Bar Urca com petiscos e muita gente bacana.

Lagoa Rodrigo de Freitas

Localizada na Zona Sul do Rio, a Lagoa Rodrigo de Freitas também conhecida como 'O Coração do Rio de Janeiro', além de ser linda, é vigiada pelo Cristo Redentor. O lugar é ideal para dar uma caminhada relaxante ao ar livre e andar de bicicleta que podem ser alugadas lá mesmo. Aproveite os quiosques e restaurantes ao redor para descansar, comer ou beber alguma coisa.

Cachoeiras do Horto e Vista Chinesa

Uma ótima dica para fugir das praias cheias da Zona Sul, é fazer um passeio pela natureza e cachoeiras para se refrescar. A Cachoeira do Quebra é rasa e ideal para crianças e logo depois de mais 10 minutos de trilha leve chega-se na Cachoeira do Chuveiro, uma ótima ducha natural que cai a 5 metros de altura.

O passeio pelas Cachoeiras do Horto é leve e não exige muito preparo físico, mas não esqueça de levar água e pequenos lanches. Já para chegar na Vista Chinesa, o ideal é subir de bicicleta ou carro, mas também dá para ir a pé se estiver preparado.

  

A Vista Chinesa, construída em 1903 em homenagem aos imigrantes chineses fica no Alto da Boa Vista. À 380 metros acima do nível do mar, você tem vista para a Lagoa Rodrigo de Freitas, Pão de Açúcar, Corcovado e das praias na Zona Sul. Para quem subir de bike, a descida acaba se tornando bem divertida.

Quinta da Boa Vista

O parque público no bairro de São Cristóvão é um excelente lugar para passear com a família. Os destaques no parque são o Jardim Zoológico e o Museu Nacional de Arqueologia e Antropologia dentro do Palácio de São Cristóvão. Ainda existe um lago onde você pode andar de pedalinho, tudo com preço bem acessível.

Em meio aos jardins da antiga realeza e um passado imperial, aproveite para passar um dia no parque caminhando, andando de bicicleta, de pedalinho, fazer um piquenique e curtir as atrações do parque.

Se pretende visitar o Maracanã, uma boa sugestão seria visitar a Quinta da Boa Vista antes, fica praticamente do lado.

Feiras

A Feira Hippie de Ipanema acontece todos os domingos na Praça General Osório. Lá você encontra muitos artesanatos, bijuterias e quadros pintados pelos próprios expositores, que são bem simpáticos e gostam de falar sobre seus quadros.

A Feira do Rio Antigo também conhecida como Feira do Lavradio funciona no primeiro sábado de todo mês. Os feirantes expõem desde antiguidades até lembranças bem criativas da cidade maravilhosa. A feira fica bem no meio da Lapa. Vá na pela manhã e depois aproveite para saborear uma feijoada acompanhada de uma cerveja gelada e samba ao vivo em muitos restaurantes.

A Feira de Antiguidades da Praça XV funciona todos os sábados em frente as barcas. Um lugar especial onde você encontra antiquários, brinquedos antigos e raros, fotografias antigas, móveis, LP's, quadros, livros, militaria, roupas e outras coisas bem curiosas. Depois de visitar a feira, a boa é aproveitar os restaurantes e bistrôs no Arco do Teles que fica bem ao lado, um lugar curioso e importante para a história do Rio de Janeiro.

Dica: As feiras do Rio de Janeiro são lugares para pechinchar.

Noite na Lapa

A Lapa é um bairro antigo e com muita história, num passeio durante o dia você se sente num clima de Rio Antigo observando os casarões e arquitetura antiga. Mas é a noite que o bairro se transforma, berço da boemia carioca o lugar é cheio de bares, boates, restaurantes e pubs para todos os gostos.

As ruas são tomadas por cariocas e turistas que buscam diversão. As barracas que ficam na rua oferecem uma grande variedade de bebidas e são uma ótima opção para quem não quer ficar em ambiente fechado.

Santa Tereza

Santa Tereza, bem ao lado da Lapa é um bairro que parece parado no tempo, o lugar tem um clima agradável e é cercado de muito verde. Passeando pelas pequenas ruas do bairro, você se sente num clima de Rio Antigo ao meio as antigas construções, além de muitos bares, música ao vivo, restaurantes, lojinhas e lindas vistas.

Uma excelente dica de roteiro é ir pela manhã, tomar café no Parque das Ruínas com uma vista incrível, passear pelo bairro aproveitando os eventos, comer e beber nos bares e restaurantes nos arredores.

Comentários

Newsletter - junte-se a 12682 assinantes

Receba dicas de turismo de todo Brasil e informações sobre imóveis para aluguel de temporada.