Conjugado? Estúdio? Flat? Entenda os diferentes tipos de apartamentos

Postado em Turismo | 10 de Março/2016

Sejam grandes, pequenos, de um dormitório, de vários banheiros, salas espaçosas ou aquelas que se divide com o quarto e a cozinha. Existem vários tipos de apartamentos, para todos os tipos de pessoas. E, muitas das vezes, não sabemos a diferença entre todos eles. Flat, Conjugado, Kitnet, Loft, Estúdio... E por aí vai. São inúmeros, e pouco sabemos sobre isso quando vamos alugar um apartamento para temporada ou mesmo para morar. Com este artigo, provavelmente, um pouco se aprenderá sobre os diversos tipos de apartamentos, tudo para que, quando você for procurar um, saber exatamente como identificar o melhor para você.

Estúdio

Quase como um Loft, entretanto sendo ainda mais compacto e aproveitando ainda mais o espaço. O Estúdio se destituiu do Loft por apresentar um tamanho menor, uma praticidade melhor e se adequar às pessoas que não necessitam de tanto espaço. Por esse motivo, o Estúdio é considerado o menor entre os menores tipos de apartamentos.

Kitnets ou Conjugados

A salvação dos casais jovens, estudantes e trabalhadores. Os kitnets são ideais para esses tipos de pessoas, afinal são compactos (geralmente não passam de 50m²), possuem divisória para a cozinha e apresentam um conjugado entre sala e quarto, aproveitando o espaço (pelo motivo de divisão entre quarto e sala, os Kitnets também são conhecidos como Conjugados). O nome deriva no inglês, como Kitchenett, algo como “cozinha pequena”, se traduzido.

Flat ou Apart-hotel

Uma referência básica no que tange um Flat é sua unicidade. Um Flat não possui marcações ou padrões comuns a outros quartos/apartamentos do mesmo prédio. Eles não seguem um padrão, sendo mais compactos, possuindo possibilidades de alteração e sendo muito parecidos com o que se encontra num quarto de hotel (de onde a origem de seu outro nome, o Apart-hotel). São opções para pequenas famílias, pessoas que vivem sozinhas, tal como estudantes, trabalhadores e outras pessoas que passam os dias mais na rua do que propriamente em seus lares.

Geralmente os Flats oferecem serviços de quarto e possuem diversos benefícios como academias, piscinas, sala de jogos, garagem e etc.

Loft

Os Lofts aplicam a ideia do aproveitamento de espaço. Por serem pequenos – não passando dos 50m² -, os lofts são ideais para pessoas que moram sozinhas, principalmente. Por esse tipo de imóvel não separar os cômodos por paredes, com exceção do banheiro, claro, eles apresentam um aproveitamento muito maior do que há de espaço no ambiente, contrastando cozinha, sala e quarto num mesmo espaço. Por esse motivo, os lofts são geralmente mais despojados, com decorações modernas e espaços bastante alternativos e diferenciados, como um mezanino sendo utilizado como quarto, em alguns casos, por exemplo. Por esse motivo, os lofts ganharam a admiração de decoradores e pessoas apreciadoras da modernidade e incorporação do século XXI num espaço de viver.

Pequenos apartamentos

Agora existe uma ideia nas diferenças entre os pequenos apartamentos. Os apartamentos padrões são simples de reconhecer. Sala, quarto(s), cozinha, banheiro, área de luz e tudo o que possui numa casa comum reduzida a um cantinho de um grande prédio. Os pequenos apartamentos, como os citados aqui, são ótimas opções para o início da vida independente. E, para começar a escolher, precisa entender um pouco o que é cada, afinal, quem quer se perder na hora de pedir um loft e receber um estúdio, não é mesmo?

 

 

Comentários

Newsletter - junte-se a 12745 assinantes

Receba dicas de turismo de todo Brasil e informações sobre imóveis para aluguel de temporada.